BLOGS DO PORTAL OESTE NEWS

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

sexta-feira, 26 de março de 2010

DR. JOSÉ JORGE MACIEL



• Nasceu Jose Jorge Maciel em Macaiba - RN, em 08 de outubro de 1914.



• Fez seus estudos secundários no Atheneu Norte-Rio-Grandense. Matriculou-se na Faculdade de Medicina da Bahia, lá concluindo o Curso Médico e obtendo o seu diploma em dezembro de 1938.

As pessoas se particularizam pelo caráter que têm e demonstram ao longo das circunstâncias e desafios da vida. Em razão dele é que estabelecem formas inconfundíveis de interação com as demais pessoas, se posicionam com determinadas características no ambiente social em que convivem, tomam atitudes diante do cotidiano mais simples em que todos estamos mergulhados ou constroem algumas vezes a sua opção político-ideológica.

José Maciel foi sempre o mesmo homem em todas as atividades que exerceu, no âmbito médico-profissional ou no território da política ou, ainda, até mesmo como fazendeiro, quando se tomou um criador seletivo e apaixonado por gado de raça e, mais do que isso, um extraordinário conhecedor e especialista em animais leiteiros, apesar de ocultar a sua experiência e conhecimento sob o disfarce de um discreto observador apenas interessado e diletante. O mesmo homem, idêntico ao que era no relacionamento com familiares e amigos: um homem de convicções firmes, de uma firmeza que inspirava confiança e respeito. Subjacente a essa enérgica e intransigente retidão e correção de comportamento, havia alguém surpreendente e intensamente sensível ao sofrimento do próximo, solidário com as necessidades e carências alheias e sempre inconformado, melhor diria, indignado, com as injustiças e desigualdades sociais.

Os dados mais importantes de sua biografia são os seguintes: era médico radiologista, formado pela Faculdade de Medicina da Bahia (1939). Foi Diretor do Sanatório Getúlio Vargas de Natal (RN). Exerceu o cargo de Secretário de Saúde durante o período em que era Governador do Estado Dinarte Mariz. Foi um dos fundadores do Instituto de Radiologia de Natal. Elegeu-se Prefeito de Macaíba, a cidade em que nasceu (em 08 de outubro de 1914), e desempenhou o mandato de 1953 a 1958. Dentre suas iniciativas na área desportiva, merecem destaque suas contribuições para a fundação do Jockey Clube/RN (1964), Kennel Clube Norte-Rio-grandense.

Foi dado o seu nome ao estádio de futebol de Macaíba, em reconhecimento ao seu apoio aos esportes e, em particular, à construção dessa praça esportiva. Em Natal foi homenageado pelo Governador Garibaldi Alves Filho e pelo Secretário da Saúde Dr. Ives Bezerra dando seu nome ao antigo Leprosário - Hospital José Jorge Maciel.

Era casado com Zuleide Meira Maciel, sua companheira e mãe de seus filhos, com quem compartilhou, sempre de ânimo inabalável, como se cumprisse a recomendação bíblica, os momentos de alegria e de tristeza, de êxito e de frustração, de plenitude existencial e de dolorosa incerteza que o destino reserva para todos nós. Eram dois seres, que se identificavam e se respeitavam com o amor que muitas vezes, por sua intensidade e veracidade, se oculta no mais íntimo da frágil e ainda assim inquebrantável condição humana.

José Jorge Maciel faleceu em 15 de dezembro de 1995, deixando como marca e símbolo de sua vida, para os familiares, amigos e todos os que o conheceram, uma permanente, lúcida e corajosa afirmação de dignidade, que constituiu a tônica e a diretriz do seu modo de agir em todas e quaisquer circunstâncias por que passou em sua trajetória existencial.

DR. JOSÉ FERNANDES DE MELO


1917-1927
• Nasceu na cidade de Currais Novos-RN aos 02/03/1917;
• Mudou-se para Lajes-RN com toda a família em fins de 1919 e início de 1920 por motivo da seca, retornando após a estiagem em fins de 1920;
• Iniciou os estudos aos sete anos de idade na escola da madrinha Maria Rosa, a qual tinha como método pedagógico, a palmatória;
• Continuou os estudos na Escola Capitão-Mor Galvão em Currais Novos;
1928-1933
• Ingressou como interno no ano de 1929 no Colégio Pedro II em Natal-RN, sob a direção do Professor Severino Bezerra, onde permaneceu até 1932;
• Em 1930, sua família muda-se para Natal;
• Ingressou no Colégio Ateneu Norte-rio-grandense em 1933, terminando ali seus estudos secundários;
1934-1940
• Em janeiro de 1934, chegou a Recife-PE, com a alma cheia de esperanças e boas condições;
• Em março de 1934 submeteu-se ao vestibular da Faculdade de Medicina do Recife, sendo aprovado em seguida;
• Concluiu os estudos, formando-se em Medicina em 27 de março de 1940, onde na Secretaria da Faculdade de Medicina, recebeu seu diploma das mãos do Professor João Marques;
• Primeira experiência profissional ocorreu em São Tomé-RN, em janeiro de 1940;
1941-1987
• Em agosto de 1941, de um encontro casual com Márcio Marcelino e Dr. Cleodon Andrade em Natal, surgiu o convite para atuar em Pau dos FErros-RN, o qual abriria portas para sua carreira;
• Convite aceito, chegou em Pau dos Ferros em 27 de agosto de 1941;
• Em junho de 1942, foi convocado para compor a corporação militar como médico em Natal, o qual lhe deu o título de 2º Tenente da Reseva da segunda classe médica do Exército Nacional, por 120 dias;
• Casou-se com Lindalva Torquato em 25/10/1943, tendo celebrado a cerimônia Padre Manoel Caminhas;
• Ingressou na vida política em 1947, quando venceu as eleições para Deputado Estadual com 2171 votos;
• Nomeado em 1947 Médico Sanitarista Classe "L" da Secretaria de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte;
• Concorreu em 1948 a Prefeitura de Pau dos Ferros, tendo como companheiro de chapa o amigo Antonio Holanda, perdendo a eleição para o Dr. Licurgo Nunes por 90 votos;
• Elegeu-se Deputado da Assembléia Legislativa para o 2º mandato em 03/10/1950, obtendo 3226 votos;
• Em 07/12/1952, concorreu ao pleito de Prefeito de Pau dos Ferros, juntamente com o amigo José Guedes do Rego, o qual foi eleito para o período de 1953-1958. Teve como opositor da campanha o colega Dr. Cleodon de Andrade;
• Contribuiu na eleição da sua esposa Lindalva Torquato Fernandes para a Assembléia Legislativa, a qual obteve 2894 votos e assumiu o mandato para o período de 1955-1959;
1988-2000
• Afasta-se de suas atividades públicas passando a residir em Natal, prém quando a saudade batia e as condições permitiam, visitava Pau dos Ferros;
2001
• José Fernandes de Melo deixa um legado político e profissional considerável na região do alto oeste potiguar, durante as quase 5 décadas dedicadas ao povo norte riograndese. Deixa o nosso convívio aos 84 anos em 09/09/2001, vítima de parada cardíaca na cidade de Natal. Seu corpo foi transportado para Pau dos Ferros o qual foi velado na Câmara Municipal e o sepultamento no Cemitério Jardim da Saudade.
FONTE - ESCOLA JOSÉ FERNANDES DE MELO, PAU DOS FERROS

MAIS

MAIS

Quem sou eu

Minha foto
SUBTENENTE PM DA RESERVA REMUNERADA DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. PASSEI POR TODAS AS GRADUAÇÕES DA PM, DESDE SOLDADO ATÉ SUBTENENTE. DURANTE MEUS 30 ANOS DE ESTADO EFETIVO TRABALHEI EM 18 CIDADES, EXERCI AS FUNÇÕES DE COMANDANTE DE DESTACAMENTO, COMANDANTE DE PELOTÃO, TESOUREIRO, DELEGADO DE POLÍCIA NOS MUNICÍPIOS DE APODI, DR. SEVERIANO, FELIPE GUERRA, ITAÚ, RODOLFO FERNANDES, GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO, TENENTE ANANIAS, MARCELINO VIEIRA E SEVERIANO MELO.NOS DESTACAMENTOS, PELOTÕES E COMPANHIAS SEMPRE EXERCI A FUNÇÃO NA BOROCRACIA, DAÍ APRENDI A ELABORAR TODOS OS TIPOS DE DOCUMENTOS POLICIAIS MILITARES; COMO DELEGADO DE POLÍCIA E ESCRIVÃO DE POLÍCIA INSTAUREI MAIS DE 300 INQUÉRITOS POLICIAIS, ALÉM DE TER SIDO ESCRIVÃO EM VÁRIOS INQUÉRITOS POLICIAIS MILITARES, INQUÉRITOS TÉCNICOS E SINDICÂNCIA, ASSIM SENDO, APRENDI A INSTAURAR QUAISQUER PROCEDIMENTOS INVESTIGATIVOS POLICIAIS MILITARES. PORTANTO, NA MEDIADA DO POSSIVEL VOU LEVAR MEU CONHECIMENTO ATÉ VOCÊ, ATUAIS E FUTUROS POLICIAIS MILITARES, AGENTES DE POLÍCIA, ESCRIVÃO DE POLÍCIA E BACHAREIS. CONFIRA...